Veja preços de medicamentos e compre online! Pagina Inicial Quem somos Notícias e novidades Doenças e tratamentos Entenda sobre Fale conosco
Diverticulite (inflamacao intestino)

SAIBA MAIS SOBRE DIVERTICULITE


A diverticulite é uma inflamação que acontece, na maioria das vezes, no final do intestino grosso, numa de suas porções conhecidas como cólon sigmóide, que se situa pouco antes do reto. O problema dá as caras em formações chamadas divertículos, alterações na forma de pequenos tubos ou bolsas que se desenvolvem de dentro pra fora do intestino, especialmente nos indivíduos mais maduros.

Não se sabe ao certo porque eles aparecem, mas acredita-se que sua origem pode estar relacionada ao aumento da pressão interior do intestino por conta de uma dieta com poucas fibras, por exemplo, combinada ao enfraquecimento de regiões da parede intestinal.

 

 

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é clínico e pode ser comprovado com exame de sangue, ultra-sonografia e tomografia computadorizada do abdome. Um outro exame importante no diagnóstico da diverticulite é o enema opaco. Neste exame, injeta-se contraste no interior do intestino e desta forma, o exame mostra a presença dos divertículos, do processo inflamatório na parede do intestino grosso, além, da diminuição do calibre do intestino. Só que não deve ser feito na fase aguda da doença devido a possibilidade de perfuração diverticular

CRISES DE DIVERTICULITE

Na maioria das vezes, as crises de diverticulite se resolvem sozinhas ou com auxílio de remédios para combater a inflamação e a dor além de alterações na alimentação.

Os sintomas mais comuns são uma sensação dolorosa na parte inferior esquerda do abdômen, prisão de ventre ou diarréia e, embora mais raros, sangramentos - que felizmente se curam sozinhos em 90% dos casos.

Vale lembrar que o tratamento dá um basta na diverticulite, mas os divertículos permanecem no intestino.

A dor é a principal característica de sintoma do problema, estando esta localizada na parte inferior e preferencialmente no lado esquerdo do abdome.

O sintoma doloroso é semelhante ao da apendicite aguda, só que no lado esquerdo.

A dor tem um início lento, mas progressivo, tornando-se constante com a evolução do processo inflamatório, e se apresenta como cólica intestinal.

Observam-se náuseas, mas os vômitos são infrequentes, e quando presentes podem sugerir intenso processo inflamatório intestinal.

Febre é um outro sintoma normalmente referido e, quando elevada, sugere a possibilidade de diverticulite com abscesso.

Alterações do hábito intestinal, como diarréia e, principalmente constipação, também são muito comuns.

TRATAMENTO DA DIVERTICULITE


O tratamento depende da intensidade dos sintomas e da presença ou não de complicações.

O tratamento clínico permite o alívio dos sintomas em 70 a 85% dos pacientes com diverticulite aguda, principalmente na primeira crise.


Nos casos em que houve falha no tratamento clínico, ocorrência de duas ou mais crises ou ainda, na existência de complicações, como o abscesso ou a perfuração intestinal, a cirurgia é o indicado.

A operação consiste na retirada da parte do intestino grosso comprometida, com reconstrução do intestino.


DIETA POBRE EM FIBRAS

Se forem feitos exames de raios X, poderemos observar que 60% da população acima dos 60 anos tem divertículos no cólon.

Deve-se sobretudo a uma dieta pobre em fibras e à maior expectativa de vida média da população, que, naturalmente, com o passar do tempo, sofre um enfraquecimento dos músculos das paredes do cólon.

As fibras ajudam a criar maior volume fecal, facilitando o funcionamento do intestino.

Nas dietas ricas em carboidratos e proteínas, em que não há fibras para carrear o bolo fecal, a pressão interna no intestino aumenta, favorecendo a formação de hérnias.

Por volta de dois terços dos portadores de divertículos passam a vida inteira sem problemas.

Os demais podem ter sintomas que vão da simples presença de gases, dores vagas, distensão abdominal e alteração do ritmo intestinal, até os quadros agudos em conseqüência da inflamação.

A diverticulite aguda ocorre pela inflamação de um ou mais divertículos, devido à retenção de fezes nas hérnias e a proliferação das bactérias.

Os sinais e sintomas mais comuns são:

>> Dor abdominal

>> Diarréia

>> Idade (com a idade, os movimentos do intestino tendem a diminuir, podendo causar um quadro de obstipação intestinal)

A diverticulite está associada à:

>> Ingestão inadequada de fibras

>> Obstipação intestinal

>> Idade (com a idade, os movimentos do intestino tendem a diminuir, podendo causar um quadro de obstipação intestinal)

PREVENÇÃO

O ideal, claro, é a prevenção. É possível evitar a diverticulite com algumas medidas práticas.

Aumente o consumo de alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras, legumes, aveia e farelo de aveia; controle a obesidade e o stress e faça exercícios físicos pelo menos três vezes por semana. 

Fonte: JORNAL DO POVO – RS 



12 curiosidades sobre Pedras nos Rins    
A berinjela ajuda a reduzir o colesterol - verdade ou mentira?    
A cura da AIDS    
Alerta sobre o H P V    
Alimentação saudável contra Cäncer    
ANEMIA (deficiência de ferro)    
ANEMIA FALCIFORME    
AVC, Derrame cerebral.    
Câncer    
Câncer colorretal    
Câncer de bexiga: relação com o tabagismo    
Cancer de Prostata    
Cancer ocular ou Retinoblastoma    
Causa Primária do Câncer, como ter vida saudável diminuindo acidez do organismo    
Causas da impotência sexual    
Células tronco pode reverter cegueira    
Chá para impotência sexual    
Colesterol alto    
Conjugados de Anticorpo-medicamento – armas seletivas e precisas contra o câncer    
Coqueluche. Sintomas e tratamento    
Corrimento vaginal: Como evitar    
Couro cabeludo: Caspas e seborréia    
Culinária para impotência sexual    
Cura do câncer da laringe    
Cura do câncer da vagina    
Cura do câncer de bexiga    
Cura do câncer de boca    
Cura do câncer de esôfago    
Cura do câncer de estômago    
Cura do câncer de mama    
Cura do câncer de pele    
Cura do câncer do reto    
Cura do câncer do útero    
Cura do câncer dos olhos    
Deixando de Fumar sem Mistério    
Diverticulite (inflamacao intestino)    
Dor de cabeça não é mera desculpa    
Dor na coluna, lombalgia, contusões, torcicolo    
Em breve vacina contra febre reumática    
Estresse e compulsão alimentar    
Exercício para impotência sexual    
FDA aprova tratamento para a esclerose múltipla da Biogen Idec    
Fibromialgia    
Garrafada de Plantas Medicinais    
Gripe A H1N1    
Hepatite, formas de contagio e prevenção.    
Hipertensão Arterial    
Impotência sexual feminina    
Lúpus    
Manchas escuras e irritações na virilha, axilas e coxas    
NOVAS TERAPIAS PARA O MAL DE PARKINSON    
O que é Diabetes, prevenção e controle    
O Segredo de Como Acabar Com Celulite e Estrias    
Obesidade    
Prolapso da Válvula Mitral    
PSORÍASE - Combate ao preconceito    
Remédio caseiro para impotência sexual    
Saiba Tudo Sobre as Unhas Encravadas    
Saiba tudo sobre Infertilidade    
Sintomas de impotência sexual    
Sintomas e sinais da leucemia em crianças    
Sonho: Desejo de engravidar    
Tratamento Para Pedra Na Vesícula    
Tratamento para transtornos mentais    
Tuberculose. Causa, sintomas e tratamento    
Verruga genital (DST)    

Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia
Bulas, Princípio ativo, Indicações Terapêuticas, Fotos, Notícias, Doenças e Tratamentos, Espaço Acadêmico.
Pesquise Medicamentos - ® 2009. Todos os direitos reservados.   Administração  Webmail
PÁGINA PRINCIPAL | QUEM SOMOS | NOTÍCIAS | DOENÇAS E TRATAMENTOS | ENTENDA SOBRE | CONTATO
contato@pesquisemedicamentos.com.br