Veja preços de medicamentos e compre online! Pagina Inicial Quem somos Notícias e novidades Doenças e tratamentos Entenda sobre Fale conosco
Tratamento para transtornos mentais

TRANSTORNOS MENTAIS: TRATAMENTO PRECISA SER INTEGRAL

Um projeto desenvolvido no Instituto de Psiquiatria (IPq) da Universidade de São Paulo (USP) se propõe a tratar pacientes que sofrem de transtorno psicótico e bipolar integralmente, e isso significa que a cura não se dá apenas à base de remédios.

“É comum vermos na publicidade uma associação entre tomar medicamentos e o fim de todos os problemas relacionados com uma determinada doença ou condição. Mas não é assim. Ninguém toma uma pílula e se livra de tudo: é preciso ver a totalidade do paciente e isso significa não somente enxergar a parte biológica, mas também a psicossocial, ou seja, as relações e os obstáculos sociais que foram causados por um transtorno mental, por exemplo”, alerta Rodrigo Leite, médico psiquiatra do IPq/USP e pesquisador ligado ao Programa de Apoio Psicoeducacional para Pacientes Psicóticos (Proapse).
O projeto, desenvolvido pela equipe de Renato Marchetti – e da qual Leite faz parte –, traz pacientes e cuidadores (na maioria das vezes pais e mães) para sessões em grupo onde compartilham seus problemas e ansiedades. O resultado? O fosso aberto pelo estigma e pelo preconceito se torna mais raso e facilita a reintegração desses indivíduos – que já se estabilizaram por meio de tratamento farmacológico – à vida social. “E, como se sabe, o contato social é importantíssimo para a recuperação completa”, afirma Rodrigo.

ESQUIZOFRENIA E TRANSTORNO BIPOLAR

Os pacientes envolvidos no projeto são, na grande maioria dos casos, indivíduos que sofrem de esquizofrenia, transtorno bipolar do tipo 1 (leia mais sobre o assunto) e os chamados transtornos de esquizofrenia afetiva, além de casos de psicose. “Apesar de ser um grupo aparentemente heterogêneo – mesmo com pacientes em diferentes níveis do desenvolvimento da doença e de idades entre 18 e 65 anos – os problemas enfrentados por eles são similares: são vistos como incapazes e isolados por conta do preconceito sofrido”, aponta Rodrigo.
O projeto foca também outro problema enfrentado por esses indivíduos: o estigma dentro de casa. “Os próprios cuidadores acabam enxergando esses indivíduos como portadores de uma incapacidade inerente. Todas as situações problemáticas são vistas como reflexo dos transtornos. Isso leva primeiro a um estresse crônico por parte dos cuidadores, pois eles acham que o indivíduo vai ‘descompensar’ a qualquer momento”, observa o especialista.

Paralelo a isso, os cuidadores podem tender a infantilizar esses pacientes, superprotegendo-os, ou seja, resolvendo todos os problemas por eles, não lhes dando autonomia em tarefas, mesmo as rotineiras. “E isso é péssimo para o indivíduo que tem um desses transtornos. Pequenas tarefas e responsabilidades são importantes para que eles se enxerguem capazes, podendo introjetar essa imagem de que eles são realmente instáveis, perigosos, pouco confiáveis. Isso, como podemos ver no projeto, não é real.”


GRUPO É A CHAVE PARA REINSERÇÃO
Os encontros em grupo, acompanhados pelos profissionais do IPq, colhem ótimos resultados: o estigma e o preconceito dentro da família – o primeiro passo para que a sociedade também o enxergue como um indivíduo capaz – cedem espaço ao respeito e à aceitação.

“O próprio grupo troca informações e compartilha problemas, ajudando na melhora de todos os envolvidos. O sentimento de solidão, que é muito sensível nessas pessoas – tanto pacientes quanto cuidadores – diminui e é substituído por uma sensação reconfortante, de que eles não são párias que devem se isolar”, explica Rodrigo. “E os níveis de estresse dos cuidadores também diminuem”, completa.

Graças a uma parceria do Instituto com a rede de supermercados Carrefour, esses indivíduos também estão conseguindo vencer mais um limite: trabalhar novamente. “Muitos deles tinham se afastado dessa atividade e ficavam em casa isolados. Agora eles têm a possibilidade de ampliar seus horizontes, exercitar sua autonomia – até mesmo financeira – e tudo isso se reflete na recuperação da autoestima”, diz o pesquisador.

“Com o projeto, conseguimos ampliar o tratamento desses pacientes para níveis muito além da simples prescrição de fármacos e ajuste das doses de remédio. Ampliar essa noção de tratamento dos transtornos mentais e ajudar na ponte com a sociedade é importantíssimo para vencer o estigma”, finaliza Rodrigo Leite.

28/04/2010 - Portal Uol   Jornalista:  Enio Rodrigo



12 curiosidades sobre Pedras nos Rins    
A berinjela ajuda a reduzir o colesterol - verdade ou mentira?    
A cura da AIDS    
Alerta sobre o H P V    
Alimentação saudável contra Cäncer    
ANEMIA (deficiência de ferro)    
ANEMIA FALCIFORME    
AVC, Derrame cerebral.    
Câncer    
Câncer colorretal    
Câncer de bexiga: relação com o tabagismo    
Cancer de Prostata    
Cancer ocular ou Retinoblastoma    
Causa Primária do Câncer, como ter vida saudável diminuindo acidez do organismo    
Causas da impotência sexual    
Células tronco pode reverter cegueira    
Chá para impotência sexual    
Colesterol alto    
Conjugados de Anticorpo-medicamento – armas seletivas e precisas contra o câncer    
Coqueluche. Sintomas e tratamento    
Corrimento vaginal: Como evitar    
Couro cabeludo: Caspas e seborréia    
Culinária para impotência sexual    
Cura do câncer da laringe    
Cura do câncer da vagina    
Cura do câncer de bexiga    
Cura do câncer de boca    
Cura do câncer de esôfago    
Cura do câncer de estômago    
Cura do câncer de mama    
Cura do câncer de pele    
Cura do câncer do reto    
Cura do câncer do útero    
Cura do câncer dos olhos    
Deixando de Fumar sem Mistério    
Diverticulite (inflamacao intestino)    
Dor de cabeça não é mera desculpa    
Dor na coluna, lombalgia, contusões, torcicolo    
Em breve vacina contra febre reumática    
Estresse e compulsão alimentar    
Exercício para impotência sexual    
FDA aprova tratamento para a esclerose múltipla da Biogen Idec    
Fibromialgia    
Garrafada de Plantas Medicinais    
Gripe A H1N1    
Hepatite, formas de contagio e prevenção.    
Hipertensão Arterial    
Impotência sexual feminina    
Lúpus    
Manchas escuras e irritações na virilha, axilas e coxas    
NOVAS TERAPIAS PARA O MAL DE PARKINSON    
O que é Diabetes, prevenção e controle    
O Segredo de Como Acabar Com Celulite e Estrias    
Obesidade    
Prolapso da Válvula Mitral    
PSORÍASE - Combate ao preconceito    
Remédio caseiro para impotência sexual    
Saiba Tudo Sobre as Unhas Encravadas    
Saiba tudo sobre Infertilidade    
Sintomas de impotência sexual    
Sintomas e sinais da leucemia em crianças    
Sonho: Desejo de engravidar    
Tratamento Para Pedra Na Vesícula    
Tratamento para transtornos mentais    
Tuberculose. Causa, sintomas e tratamento    
Verruga genital (DST)    

Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia
Bulas, Princípio ativo, Indicações Terapêuticas, Fotos, Notícias, Doenças e Tratamentos, Espaço Acadêmico.
Pesquise Medicamentos - ® 2009. Todos os direitos reservados.   Administração  Webmail
PÁGINA PRINCIPAL | QUEM SOMOS | NOTÍCIAS | DOENÇAS E TRATAMENTOS | ENTENDA SOBRE | CONTATO
contato@pesquisemedicamentos.com.br