Veja preços de medicamentos e compre online! Pagina Inicial Quem somos Notícias e novidades Doenças e tratamentos Entenda sobre Fale conosco
Couro cabeludo: Caspas e seborréia

Caspa ou Dermatite Seborréica

O que é?

Trata-se inflamação crônica da pele que surge em indivíduos geneticamente predispostos, tratando-se portanto de manifestação constitucional.

As erupções cutâneas características da doença ocorrem predominantemente nas áreas de maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas.

A causa da dermatite seborréica é desconhecida mas a oleosidade excessiva e um fungo (Pityrosporum ovale) presente na pele afetada estão envolvidos no processo.

A maior atividade das glândulas sebáceas ocorre sob a ação dos hormônios androgênicos, por isso, o início dos sintomas ocorre geralmente após a puberdade. Nos recém nascidos também podem ocorrer manifestações da doença, devido ao androgênio materno ainda presente.

Veja medicamentos indicados no tratamento. Clique aqui. 

Manifestações clínicas

A dermatite seborréica tem caráter crônico, com tendência a períodos de melhora e de piora.

A doença costuma se agravar no inverno e em situações de fadiga ou estresse emocional.

As manifestações mais frequentes ocorrem no couro cabeludo e são caracterizadas por intensa produção de oleosidade (seborréia), descamação (caspa) e prurido (coceira). A caspa pode variar desde fina descamação até a formação de grandes crostas aderidas ao couro cabeludo. A coceira, que pode ser intensa, é um sintoma frequente nesta região e também pode estar presente com menor intensidade nas outras localizações.


Outras manifestações são a blefarite seborréica, que atinge as pálpebras, e a presença de lesões em áreas de dobra de pele, como as axilas e regiões inframamárias.

Casos graves de dermatite seborréica podem evoluir para a generalização das lesões, atingindo extensas áreas da pele.

Tratamento

Não existe medicação que acabe definitivamente com a dermatite seborréica porém seus sintomas podem ser controlados.

Deve-se evitar a ingestão de alimentos gordurosos e de bebidas alcoólicas e o banho muito quente.

O tratamento geralmente é feito com medicações de uso local na forma de sabonetes, xampus, loções capilares ou cremes, que podem conter anti-fúngicos ou corticoesteróides, entre outros componentes.

Em casos muito intensos, medicações via oral podem ser utilizadas.

O tratamento adequado vai depender da localização das lesões e da intensidade dos sintomas, e deve ser indicado por um médico dermatologista.

 


Caspas, coceiras e queda dos fios

O frio pode tornar mais freqüentes as doenças associadas ao couro cabeludo.

Quem sofre com caspas, coceiras e queda dos fios dever redobrar os cuidados.

Com a chegada do inverno, período marcado pelo frio e pelo tempo seco, as doenças do couro cabeludo costumam se agravar. Cada vez mais freqüentes, as caspas, a queda dos fios e a coceira são alguns dos problemas que teimam em incomodar nessa época do ano. Por isso, os cuidados precisam ser redobrados.

Veja medicamentos indicados no tratamento. Clique aqui. 

A seborréia ou caspa (dermatite seborréica) é uma das doenças mais comuns na temporada.

Ela acomete cerca de 2 a 5% da população, sendo mais freqüente no sexo masculino. Pode ser mais intensa nos recém-nascidos e a partir da adolescência. Nos adolescentes, devido ao estímulo hormonal, as glândulas sebáceas estão em maior atividade, por isso, os adolescentes estão mais propícios ao problema.

A caspa acontece devido a um excesso de oleosidade produzida por um aumento da secreção das glândulas sebáceas que existem na pele. Ela tem caráter crônico, com tendência a períodos de melhora e piora. O inverno está entre os períodos mais desfavoráveis, pois, com o frio e o clima seco a pele fica mais irritada e inflamada", afirma o especialista. O estresse e o cansaço ligados ao ritmo de vida acelerado também podem ser os fatores iniciais para que a caspa apareça ou piore.

Já a coceira do couro cabeludo é variável. Com o frio ou com o estresse, pode piorar. Por se tratar de uma doença crônica, é importante o uso de medicamentos, como xampus apropriados. O excesso de oleosidade cria um ambiente favorável ao desenvolvimento da caspa.

Fios em queda

A queda de cabelo afeta um grande número de pessoas e pode trazer conseqüências emocionais para ambos os sexos. Para o dermatologista Gilvan Alves, esse problema emocional vem desde os primórdios da humanidade porque todas as pessoas se preocupam bastante com os cabelos.

Além do emocional, a queda de cabelo, também conhecida como alopecia, pode ser uma conseqüência da alteração no folículo piloso. Se essas alterações forem não-destrutivas da matriz capilar, ocorre um novo crescimento. Se elas provocam destruição da matriz capilar, resultam na formação de feridas produzindo queda permanente.

Inflamações da pele como, por exemplo, psoriase e dermatite atópica, podem surgir no couro cabeludo e em outras partes do corpo.

Vale destacar que o diagnóstico das doenças é feito sempre por um dermatologista, que irá prescrever o melhor tratamento para cada caso.


 

COMO PREVENIR AS DOENÇAS DO COURO CABELUDO:
. Procure lavar o cabelo com água de morna para fria, com temperatura por volta de 22ºC;
. Não durma com os cabelos molhados e nem úmidos;
. Use xampus para seu tipo de cabelo e condicionador apenas nas pontas;
. Não utilize produtos ou tome comprimidos sem orientação médica;
. Alimente-se de forma saudável, beba água e tente evitar o estresse;
. Procure um dermatologista na primeira suspeita de qualquer tipo de doença do couro cabeludo.




12 curiosidades sobre Pedras nos Rins    
A berinjela ajuda a reduzir o colesterol - verdade ou mentira?    
A cura da AIDS    
Alerta sobre o H P V    
Alimentação saudável contra Cäncer    
ANEMIA (deficiência de ferro)    
ANEMIA FALCIFORME    
AVC, Derrame cerebral.    
Câncer    
Câncer colorretal    
Câncer de bexiga: relação com o tabagismo    
Cancer de Prostata    
Cancer ocular ou Retinoblastoma    
Causa Primária do Câncer, como ter vida saudável diminuindo acidez do organismo    
Causas da impotência sexual    
Células tronco pode reverter cegueira    
Chá para impotência sexual    
Colesterol alto    
Conjugados de Anticorpo-medicamento – armas seletivas e precisas contra o câncer    
Coqueluche. Sintomas e tratamento    
Corrimento vaginal: Como evitar    
Couro cabeludo: Caspas e seborréia    
Culinária para impotência sexual    
Cura do câncer da laringe    
Cura do câncer da vagina    
Cura do câncer de bexiga    
Cura do câncer de boca    
Cura do câncer de esôfago    
Cura do câncer de estômago    
Cura do câncer de mama    
Cura do câncer de pele    
Cura do câncer do reto    
Cura do câncer do útero    
Cura do câncer dos olhos    
Deixando de Fumar sem Mistério    
Diverticulite (inflamacao intestino)    
Dor de cabeça não é mera desculpa    
Dor na coluna, lombalgia, contusões, torcicolo    
Em breve vacina contra febre reumática    
Estresse e compulsão alimentar    
Exercício para impotência sexual    
FDA aprova tratamento para a esclerose múltipla da Biogen Idec    
Fibromialgia    
Garrafada de Plantas Medicinais    
Gripe A H1N1    
Hepatite, formas de contagio e prevenção.    
Hipertensão Arterial    
Impotência sexual feminina    
Lúpus    
Manchas escuras e irritações na virilha, axilas e coxas    
NOVAS TERAPIAS PARA O MAL DE PARKINSON    
O que é Diabetes, prevenção e controle    
O Segredo de Como Acabar Com Celulite e Estrias    
Obesidade    
Prolapso da Válvula Mitral    
PSORÍASE - Combate ao preconceito    
Remédio caseiro para impotência sexual    
Saiba Tudo Sobre as Unhas Encravadas    
Saiba tudo sobre Infertilidade    
Sintomas de impotência sexual    
Sintomas e sinais da leucemia em crianças    
Sonho: Desejo de engravidar    
Tratamento Para Pedra Na Vesícula    
Tratamento para transtornos mentais    
Tuberculose. Causa, sintomas e tratamento    
Verruga genital (DST)    

Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia
Bulas, Princípio ativo, Indicações Terapêuticas, Fotos, Notícias, Doenças e Tratamentos, Espaço Acadêmico.
Pesquise Medicamentos - ® 2009. Todos os direitos reservados.   Administração  Webmail
PÁGINA PRINCIPAL | QUEM SOMOS | NOTÍCIAS | DOENÇAS E TRATAMENTOS | ENTENDA SOBRE | CONTATO
contato@pesquisemedicamentos.com.br